Postagens

Ferramentas e Técnicas Para a Qualidade

Imagem
O controlo da qualidade do projeto é feito com recurso a um conjunto de ferramentas complementares usadas, de uma forma mais ou menos idêntica, por todas as metodologias de qualidade.

A informação, recolhida e trabalhada por meio dessas ferramentas, permite ao gestor de projeto, e à sua equipa, ter um conhecimento detalhado sobre o efeito que o processo de garantia da qualidade está a ter, tanto no processo de gestão do projeto, como no produto ou serviço que está a ser criado.

Quality Assurance. Saiba o que é? E porque o seu projeto não a pode dispensar?

Imagem
Como o próprio nome indica, Garantir a Qualidade (Quality Assurance) é o processo que tem como objetivo assegurar que a qualidade dos produtos ou serviços criados pela organização cumprem, de forma consistente, com os padrões de qualidade que satisfazem as expectativas dos clientes.

Como é através dos projetos que as organizações criam novos produtos e serviços para os seus clientes, a área de conhecimento relativa à gestão da qualidade é uma área de conhecimento que não deve ser descurada. Os processos de gestão da qualidade do PMBOK© incluem todas as atividades que determinam as responsabilidades, os objetivos e as políticas de qualidade, de modo a garantir que o projeto responde às necessidades que motivaram a sua realização.

De acordo com o PMBOK©, o sistema de gestão da qualidade é implementado através de políticas, procedimentos e processos de planeamento, controlo da qualidade e atividades de melhoria contínua de processos.

14 Princípios de Deming para Gerir a Melhoria da Qualidade (Parte 1)

Imagem
Os denominados "14 princípios", estabelecidos por Deming, constituem o fundamento dos ensinamentos ministrados aos altos executivos no Japão, em 1950 e nos anos subsequentes. Esses princípios são a essência da filosofia em que assenta o ciclo PDCA de melhoria continua de qualidade, e aplicam-se a todas as áreas das organizações e a qualquer tipo de organização independentemente da sua dimensão ou do setor de atividade em que atuem.




5 Ótimos Softwares Opensource Para Gestão Ágil de Projetos

Imagem
Uma tendência dos últimos anos na área da da gestão de projetos é que o AGILE continuará a ganhar popularidade. No relatório anual de AGILE da VersionOne é referido que aproximadamente 24% dos entrevistados trabalham em organizações que praticam este método de gerir projetos há mais de cinco anos. Este número compara com os 19% mencionados no relatório de 2013, o que quer dizer que, não só a utilização do AGILE está a aumentar, mas também que cada vez mais empresas optam pelos métodos ágeis para gerir os seus projetos.

Este aumento de popularidade tem sido acompanhado de um crescimento quase exponencial no numero de ferramentas para a Gestão Ágil de Projetos o que torna difícil às empresas optarem pela que melhor se adequa às suas necessidades. Conscientes desse problema, avaliamos algumas das ferramentas mais conhecidas à luz de 3 critérios. A lista abaixo apresenta algumas das ferramentas de software mais interessantes que encontrámos.

Ciclo PDCA de Deming - Melhoria da Qualidade

Imagem
O ciclo PDCA, ciclo de Walter A. Shewhart ou ciclo de Deming, foi definido por Shewhart na década de 20 do século passado, mas só teve uma verdadeira divulgação após a II guerra mundial quando, por volta do ano de 1950, Deming o começou a usar na industria japonesa.

Ciclo PDCA, tem como foco principal a melhoria continua e é uma ferramenta de gestão utilizada por empresas em todo o mundo, com o principal objetivo de tornar os seus processos da gestão mais ágeis, claros e objetivos. O PDCA é aplicado principalmente para redefinir os sistemas de gestão sendo um instrumento para a obtenção progressiva de melhores níveis de gestão e pode ser utilizado em qualquer tipo de empresa, e em qualquer área ou departamento.

Gestão de Projetos: O que São as Lições Aprendidas?

Imagem
Todos os que lidam com projetos conhecem a expressão Lições Aprendidas e apesar disso, se perguntarem a essas pessoas o que são de facto Lições Aprendidas, a maioria delas limitar-se-á a responder: - É aquilo que aprendemos com cada um dos projetos. E alguns, poucos, acrescentarão: - E que deve ser deixado como conhecimento que possibilite uma melhor gestão em projetos futuros. E se às mesmas pessoas perguntarem: - Dos projetos em que participaram, de quantos foram retiradas, e devidamente documentadas, as respetivas lições aprendidas? A resposta será, quase invariavelmente: - Poucos. Muito poucos.

PMBOK v5: 13.4 – Controlar o Envolvimento dos Interessados (Stakeholders)

Imagem
À semelhança do que acontece com todos os processos, que têm como objetivo controlar algo, o processo do PMBOK relativo ao Controlo do Envolvimento dos Interessados é, essencialmente, um processo que obedece ao ciclo DMAIC o qual é um aprofundamento do ciclo de melhoria de qualidade de Deming – Planear, Fazer, Verificar, Ajustar

O envolvimento das partes interessadas, ao longo de todas as fases do ciclo de vida do projeto, é um fator determinante para o sucesso de qualquer projeto. 

Não Se Deixe Surpreender Pelos Stakeholders do Seu Projeto.

Imagem
Os interessados (stakeholders) de um projeto, isto é, as pessoas, grupos de pessoas, instituições e organizações, que tem interesse, ou serão afetados, durante e após a conclusão do seu projeto, são um dos fatores que mais fortemente influencia a forma e o sucesso da gestão do projeto, e do correspondente produto ou serviço que dele irá resultar. Por vezes os gestores de projeto não têm conhecimento desta realidade, ou tendo optam por a ignorar, e o resultado é quase sempre fonte de problemas e de instabilidade.

Comunique Melhor Usando Mapas Mentais (Mind Maps)

Imagem
O Mind-Map ou Mapa Mental, é um tipo de diagrama que permite organizar, gerir e comunicar conhecimento.

A utilização dos Mapas Mentais (Mind-Maps) é muito abrangente. Sendo um tipo de diagrama habitualmente usado para facilitar a compreensão de problemas, a memorização e a aprendizagem, pode também ser útil como ferramenta de suporte a sessões de brainstorming
Os mapas mentais são diagramas que procuram representar, de forma detalhada, mas sintética, o relacionamento concetual existente entre informações que normalmente estão fragmentadas e dispersas.